Bruno Bezerra

bbez

Bruno Bezerra é cantor, multi-instrumentista, poeta e compositor. Nascido em 1977, em Feira de Santana, cidade há 108 km de Salvador que divide o Sertão do Recôncavo baiano, o artista teve a infância embalada pelo som de repentistas como Bule-Bule, do forró de Luiz Gonzaga e histórias da literatura de cordel típicas daquela região. Autodidata, aprendeu a tocar violão ainda adolescente, aos 14. Foi também na adolescência que Bruno teve o seu primeiro contato com o rock baiano,  iniciando a carreira musical como vocalista de bandas punk, de metal e soul do estado.

Aos 21, migrou para São Paulo, onde foi selecionado como guitarrista para o grupo Los Loucos, pela GGM Records. Na ocasião, apresentou-se em programas nacionais como “Raul Gil” e “Note e Anote”, de Claudete Troiano, ambos na Record; “A casa é sua”, com Sônia Abrão, e “Show do Serginho Malandro”, os dois na Rede Tv, além de  “Mãe de Gravata”, com Ronnie Von, e “Ligação”, com Marcelo Augusto, na CNT Gazeta. De volta à Bahia, lançou o projeto Sertanato em 2002, que culminou em dois EPs solos, com 12 canções autorais entre forrós e músicas de raiz.  Os Eps ganharam projeção internacional, com execução em rádios de Portugal e Japão.

Primeiro álbum

O passeio por estilos musicais e públicos tão diferentes conferiu a Bruno Bezerra intimidade com diversos ritmos e componentes da arte moderna. Mais maduro musicalmente, o artista lançará no primeiro semestre de 2014 o seu primeiro álbum solo “Ser”. Experimental, o cd tem como base a música nordestina de raiz, em entrosamento com o rock psicodélico progressivo, a música eletrônica e a erudita, sem se limitar a nenhum dos gêneros citados.

O novo projeto reuniu personalidades carimbadas no cenário cultural brasileiro, amigos de Bruno dos tempos do rock’in roll da adolescência. É o caso do produtor fonográfico André T, um dos mais importantes da cena independente atual, e do músico Ênio Nogueira, além do baterista Duda Machado e do guitarrista Martin Mendonça, que atualmente dividem palco com a cantora Pitty. Já a capa do cd é um recorte do quadro “Com as sobras do sol”, de autoria do artista plástico argentino e amigo Jorge Galeano.

É também nesta fase que Bruno tem o seu primeiro videoclipe registrado, com direção e produção de Ícaro de Oliveira, jovem promessa do cinema baiano. A música de trabalho é Cabrueira, uma referência à coragem e luta do povo sertanejo desde os tempos de Lampião até hoje. Gravado em diversos pontos de Feira de Santana, o vídeo aborda de forma poética a desigualdade social na atualidade.

https://soundcloud.com/brunobezerraoficial

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s